quarta-feira, 31 de agosto de 2016 |



ler um diário antigo
e não reconhecer-se
na própria letra
parece bem pior que
encontrar os primeiros fios brancos

0 comentários: